LIVRO DE JANEIRO

RELATOS DA VIDA

Irmão X – psic. F.C.Xavier

 

Humberto de Campos psicografou, pela pena do excelente médium Francisco Cândido Xavier, cinco livros, entre 1937 e 1943, utilizando-se do próprio nome, quando em vida física.

Posteriormente, para evitar novos problemas jurídicos para o médium, passou a utilizar-se do pseudônimo de “Irmão X” e psicografou mais nove livros, sendo sete deles entre 1945 e 1969. Após silenciar por 19 anos, psicografou, então, os dois últimos livros em 1988 e 1989.

Justificando o seu silêncio por tanto tempo naquele intervalo, ele respondeu a um companheiro encarnado que, em desdobramento, perguntava “porque motivo não mais escreveu livros para nossa edificação”:

– “Amigo, agradeço-lhe o interesse, mas não estou inativo. Apenas, por algum tempo, troquei a pena pela enxada de serviço. Por vários períodos anuais, estive na teoria. Agora estou na prática da assistência, na qual vivo aprendendo a renovar-me. Mas retomarei a pena, se o Senhor assim permitir”.

No dia seguinte, mostrou a Emmanuel “uma pasta antiga, da qual retirou vários retalhos de pergaminho contendo apontamentos valiosos e valiosos relatos da vida, com os quais formou o presente volume”.