LIVRO DE NOVEMBRO – 2019

 À luz do Consolador

Yvonne A. Pereira

 

Este livro é composto de um conjunto de artigos da médium Yvonne A. Pereira, publicados no mensário Reformador da FEB entre os anos de 1960 e 1980. São substanciosas peças estruturadas num excelente e sempre atual conteúdo doutrinario, de onde retiramos trechos de uma de suas paginas entituada “Aos jovens espíritas” para ilustrar seu conteúdo, em particular, aos próprios jovens.

Aos jovens espíritas

[…] aplaudimos a instituição disciplinada das juventudes e mocidades espíritas, pois sinceramente entendemos que ela é um bem e muito auxiliará os moços a se firmarem para os gloriosos destinos espirituais, que muitos certamente alcançarão em breve etapa. Todavia, é bom raciocinar que essa instituição existiu desde os primeiros dias do Cristianismo e do Espiritismo, senão com a feição hoje apreciada em nossa Doutrina, pelo menos significativamente estabelecida pela própria legislação celeste.

João Evangelista contaria com 20 anos, na ocasião do Calvário…

João Marcos, outro evangelista, era um rapazote ao tempo de Jesus…

Estêvão, o primeiro martir do Cristianismo, era pouca mais que um adolescente, era pouco mais que um adolescente ao ser lapidado…

Jovem também era o grande Paulo de Tarso, ao se dedicar à causa de Jesus para todo o sempre…

Francisco de Assis, chamado “O Cristo da Idade Média”, contava com 20 anos de idade quando vozes espirituais o advertiram, lembrando-lhe os compromissos firmados com o Senhor, ao reencarnar…

Jovem de 18 primaveras foi Joana d’Arc, fugura inconfundível do iníco da Renascença…

A história do Espiritismo não é menos significativa, com a impressionante falange de juventude e mocidade convocada para os misteres da Revelação celeste: jovens de 14 e 15 anos foram as irmãs Fox, médiuns de Hydesville; Japhet, Aline e Boudin, jovens que serviram de instrumento mediúnico a Allan Kardec;

Entre inumeros jovens outros que poderíamos citar temos Leopoldo Cirne, que aos 21 anos, foi eleito vice-presidente e, aos 31, presidente da Federação Espírita Brasileira.

Que Deus vos abençoe, pois, jovems espíritas! Tende a mão no arado para lavrar os multiplos campos da Seara Espírita. O futuro vos espera, fremente de esperanças!

(trecho do livro do mês)

LIVRO DE OUTUBRO – 2019

Alvorada Cristã

Neio Lúcio

psic. F.C. Xavier

 

As páginas de Neio Lúcio, consagradas à mente juvenil em todos os padrões da experiência física, são, em verdade, valioso curso de iluminação espiritual.

Sementeira de princípios renovadores, aqui encontramos avançadas noções de justiça e bondade para a elevação da vida. E a luta terrestre, em seus fundamentos, ainda mesmo considerada no setor expiatório, resume-se na obra educativa para a eternidade.

A instrução é, sem dúvida, a milagrosa alavanca do progresso. Sem ela, perseveraria a mente humana nos resvaladouros da ignorância, confinada à miséria, à ociosidade, à indigência e ao infortúnio, através da delinqüência na praça pública e da correção na penitenciária.

Mas não basta esclarecer a inteligência, repetiremos ainda e sempre. É imprescindível aprefeiçoar o coração nos caminhos do bem.

(…) Esquecer a infância e a juventude será desprezar o futuro.

Emmanuel

Oração dos jovens

Mestre Amado!

Aceita-nos o coração em teu serviço, e, Se­nhor, não nos deixes sem a tua lição.

Ensina-nos a obedecer na extensão do bem, para que saibamos administrar para a glória da vida.

Corrige-nos o entusiasmo, a fim de que a paixão inferior não nos destrua.

Modera-nos a alegria, afastando-nos do pra­zer vicioso.

Retifica-nos o descanso, para que a ociosi­dade não nos domine.

Auxilia-nos a gastar o Tesouro das Horas, distanciando-nos das trevas do Dia Perdido.

Inspira-nos a coragem, sustando-nos a queda nos perigos da precipitação.

Orienta-nos a defesa do Bem, do Direito e da Justiça, a fim de que não nos convertamos em simples joguetes da maldade e da indisciplina.

Dirige-nos os impulsos, para que a nossa força não seja mobilizada pelo mal.

Ilumina-nos o entendimento, de modo a nos curvarmos, felizes, ante as sugestões da Experiência e da Sabedoria, a fim de que a humildade nos preserve contra as sombras do orgulho.

Senhor Jesus, nosso Valoroso Mestre, aju­da-nos a estar contigo, tanto quanto estás conosco!

Assim seja

(Cap. 50 do livro do mês)

LIVRO DE SETEMBRO – 2019

O Evangelho Segundo o Espiritismo

Allan Kardec

 

Já sabemos de que o Espiritismo é o Consolador Prometido por Jesus, conforme anunciado pelo evangelista João, no capítulo 14, versículos 15 a 26.

Este, portanto, é o livro da codificação que nós espíritas, precisamos dedicar maior atenção, já que ele sintetiza a moral do Cristo em sua essência e é capaz de estabelecer uma linguagem comum entre todas as religiões.

Allan Kardec dedicou uma atenção toda especial para selecionar as mensagens dos Benfeitores que o assistiam e os versículos do Novo e Velho Testamentos, demonstran-do-nos que as revelações se completam de modo a preparar a nova era que em breve se iniciará.

A Humanidade hoje enfrenta graves de testemunhos e só o Evangelho esclarecido à luz da razão e vivido no coração poderá oferecer os recursos para consolidação de nossa fé e confiança no futuro.